Chapecó e Região Convention & Visitor Bureau

Notícias

05/Mai

Pujança da região sul será destaque no Interleite 2019

O sul do Brasil produz mais leite do que a Argentina. A produção dessa região duplicou de 2000 para cá e o leite tornou-se uma atividade essencial na maioria dos estabelecimentos rurais. É possível reeditar esse crescimento? Esse tema estará em debate no Interleite Sul 2019 – programado para os dias 8 e 9 de maio, no Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo de Nês, em Chapecó – considerado o mais qualificado e respeitado seminário técnico e mercadológico do setor, no Brasil.

De 2000 a 2017, o Sul do Brasil teve um crescimento fenomenal, tornando-se a maior região produtora, passando o Sudeste, que tem em Minas Gerais o maior Estado produtor de leite do País. O Sul cresceu a uma média de 6,0% ao ano, contra 3,2% do Brasil. Retirando o Sul, as demais regiões cresceram apenas 2,2% ao ano. O Sul, portanto, não só cresceu quase 3 vezes mais do que o restante do Brasil, como foi responsável por quase 52% do acréscimo da produção do País no período.

Comparado com a Argentina, os dados são igualmente impressionantes. De 2000 a 2017, a Argentina cresceu apenas 303 milhões de litros, ao passo que o Sul acrescentou mais de 7 bilhões de litros, ou 23 vezes mais. Hoje, o Sul produz 12 bilhões de litros/ano, contra 10,1 bilhões da Argentina. No ano 2000, a Argentina produzia quase a mesma coisa – 9,8 bilhões – ao passo que o Sul produzia somente 4,9 bilhões.

“O Sul é a nova Argentina, exportando seu leite para o restante do País”, observa o CEOda AgriPoint Marcelo Pereira de Carvalho. “A pergunta que fica, porém, é até que ponto esse sucesso será continuado. É possível manter taxa semelhante de crescimento para os próximos anos? Esta é a pergunta de fundo do Interleite Sul 2019”.

São várias as razões para esse fenômeno, como a base genética construída ao longo dos anos; a estrutura fundiária baseada em pequenas propriedades; a tradição com produção animal, vinda da avicultura e suinocultura integradas; as questões culturais e forte ligação com a atividade; a presença de cooperativas e a organização social da região. Enquanto o crescimento nas demais regiões é muito mais fruto do empreendedorismo individual, no Sul o avanço é realmente coletivo.

– “Há espaço para crescimento, mas não sem desafios. O primeiro deles é a sucessão familiar. Propriedades pequenas evidentemente têm um limite, ainda que muito bem exploradas. Outro ponto relacionado à sucessão familiar é o investimento em automação. Já são quase uma centena de robôs instalados no País, a maioria no Sul. A ordenha robótica permite melhor qualidade de vida, contribui para a questão da falta de mão de obra e para o interesse dos herdeiros em permanecer, mas também incorre em comprometimentos financeiros. Não é uma solução para todos. A estruturação de condomínios de produção e projetos iniciais de integração sugerem que o crescimento pode vir de novas formas de associação e de otimização de custos”, destaca Marcelo. (Informações MB Comunicação).

Fonte: chapecoonline.com.br




Outras Notícias

12
Set
Semana Farroupilha será celebrada com música, dança e gastronomia típica, em São Carlos
Semana Farroupilha será celebrada com música, dança e gastronomia típica, em São CarlosA cultura gaúcha é conhecida pela dança, comida e costumes, conjunto... Leia Mais
30
Ago
FAMTOUR: guias de Turismo conhecem pontos turísticos em Abelardo Luz
FAMTOUR: guias de Turismo conhecem pontos turísticos em Abelardo LuzUm grupo de 47 Guias de Turismo que trabalham em agências de viagens em Joinville,... Leia Mais
26
Ago
Hipper Freios promove workshop para mecânicos e balconistas de Chapecó
Hipper Freios promove workshop para mecânicos e balconistas de ChapecóAconteceu na terça-feira (21) o “Workshop Dr.Carro”, youtuber com mais de 700 milinscritos... Leia Mais
06
Ago
Chapecó sedia evento técnico de referência na suinocultura
Chapecó sedia a partir de hoje, até está quinta (8), 12º Simpósio Brasil Sul de Suinocultura. O evento reúne as mais importantes discussões relativas aos... Leia Mais

Nossos Parceiros